Bandeira - MéxicoMéxico – à altura do BRIC...

 

 

 

 

Após a integração ao Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), o México reergueu sua economia. O motor do "milagre" são as chamadas maquiladoras – montadoras norte-americanas que cruzam a fronteira em busca de custos menores e mandam a maior parte da produção de volta aos Estados Unidos (EUA). Nos últimos anos, porém, o desaquecimento da economia norte-americana gera tendência recessiva no México e o governo busca wwws parceiros comerciais.

 

 

“O futuro pertence ao BRIC”


A sigla corresponde ao conjunto de países formado por Brasil, Rússia, Índia e China, os países que formam o pelotão de elite das economias emergentes. Segundo a firma de consultoria Goldman Sachs, esses são os mais prováveis candidatos a integrar o G6, grupo das seis maiores economias do mundo, a partir de 2050; México foi incluído neste por apresentar o critérios de “admissão” como crescimento econômico, renda per capita e demográfica, padrões da demanda mundial, e movimentação do dinheiro.


Nas próximas décadas, as economias dos BRICM deverão superar a maioria das que hoje são líderes mundiais, onde México deve mostrar a seguinte performance em relação ao Produto interno bruto (em trilhões de dólares) em nível mundial (Fontes: Goldman Sachs, CIA, FMI):
 

Ano 2005 12º México 0,8
Ano 2025 11º México 2,4
Ano 2050 6º México 7,8

 

 

Aspectos econômicos


O México tem uma economia de mercado livre que recentemente entrou na classe dos trilhões de dólares. Possui um mistura de modernidade com uma indústria antiga e agricultura, dominada pelo setor privado.


A recente administração tem expandido a competição em portos, ferrovias, telecomunicações, geração de energia, distribuição de gás natural e aeroportos.


A relação com os EUA e Canadá triplicaram desde a implementação do NAFTA em 1994.


O México tem 12 acordos de livre comércio com mais de 40 países incluindo, Guatemala, Honduras, El Salvador, a Área de Livre Comércio Européia e Japão, colocando mais de 90% dos negócios nos acordos de livre comércio.
 

 

População


A população mexicana estimada, em 2006, é da ordem de 107 milhões de habitantes, com expectativa de vida média de 75 anos.


Cerca de 48% da população são homens e 51% mulheres.

 

O México é um país constituído basicamente por jovens, sendo a idade média da população mexicana de apenas 25.3 anos.

 

O crescimento médio da população, estimado em 2006, foi de 1,16% ao ano. Essa tendência, se continuada, em 2025 posicionará o México entre os países mais populosos do mundo.

 


 

Grupos étnicos, idioma e religião

 

Os principais grupos étnicos são: mestiço (indígena-espanhol) 60%, indígena 30%, caucasiano 9%, outros 1%.


O idioma oficial é o espanhol, mas existe grande número de línguas indígenas, sendo 15 consideradas relevantes.


Aproximadamente 89% da população são de religião católica, seguida por protestantes com 6%, e outras religiões com 5%.

 


México City


A Cidade do México (em castelhano Ciudad de México) é a capital e a maior cidade do méxico com uma população total de cerca de 22 milhões habitantes em sua zona urbanizada. Está situada a 2.235 metros acima do nível do mar.


É considerada uma das cidades mais poluídas do mundo, pois perto dela se encontram dois vulcões, que formam uma espécie de bolsa de poluição sobre a capital. Em alguns meses do ano, a cidade é coberta pelo smog, uma espécie de nevoeiro cinza/preto com poluição. A cidade também conta com uma das frotas de veículos mais antigas. Muitas indústrias estrangeiras estão instaladas na cidade.

 

Metade da sua população está empregada no setor secundário. Entre as suas atividades industriais destacam-se refinarias de petróleo, centros siderúrgicos e indústrias de cimento, químicas, alimentares, de confecções, cerâmicas, do vidro, mecânicas, automóvel, de calçado e de papel.


A Cidade do México conta com a Universidade Nacional, o Instituto de Antropologia e História e o Instituto Politécnico Nacional.
 

O mundo de negócios está centrado na capital México City, onde história e modernidade convivem harmonicamente.

 

Cidade do México Cidade do México

 

 

Como negociar com os mexicanos

 

  • Os executivos mexicanos são em geral muito bem preparados. Nas reuniões de negócio o executivo deve-se mostrar muito paciente; há muita formalidade nos contatos.
     
  • Recomenda-se usar roupas de cores mais discreta e sem maiores  exageros. 
     
  • Em público, os homens não devem ficar em pé com a mão nos bolsos; é um sinal de hostilidade ou provocação. 
     
  • O aperto de mãos suave é o cumprimento entre homens e mulheres no México. Os homens devem aguardar que a mulher lhe estenda a mão.
     
  • O cartão de visita é uma ferramenta indispensável e respeitada.
     
  • Nas reuniões de negócios, o tema substantivo não é abordado imediatamente. É essencial investir um tempo para cultivar o relacionamento pessoal e uma relação de amizade.
     
  • Os mexicanos gostam de barganhar. A proposta inicial deve deixar espaço para concessões posteriores.
     
  • Os mexicanos são expressivos na comunicação verbal. Vozes elevadas não devem ser consideradas como ataques pessoais. 
     
  • Os intervalos podem demorar três horas, mas os negócios são abordados com freqüência nesse período.

 

 

Os jovens crescem rumo à um futuro promissor, desde que se consiga gerenciar tensões sociais que se revoltam contra uma exploração principalmente do homem de campo e do operário. Movimentos contra expropriações falam alto...

 

 

 

Por decisão do Governo do México ficará suprimido o requisito de visto para os turistas e homens de negócios que viagem ao México por um máximo de até 30 dias.  
 
 

 


 

Fale Conosco - WK Prisma

 Tel: +55 (19) 3256-8534 / 98219 2638
    E-mail: clique

    Endereço: Rua Cândido Portinari, 258
    13088-007 Campinas – SP

 

       

                

Blog - WK Prisma 

 

 

Bem-vindo ao blog da WK PRISMA
Educação Corporativa Modular

 

Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Social - WK Prisma Werner Kugelmeier FacebookWerner Kugelmeier - LinkedIn

 


© Copyright 2010, WK PRISMA®. direitos reservados
Produzido por Dinamicsite

A página solicitada não foi encontrada !

Verifique se digitou o endereço corretamente. Se esta página foi indicada por um Sistema de Busca (Google / Yahoo / MSN) este ainda não se atualizou após a remoção da página.

Faça uma Busca Interna com uma da(s) palavra(s) solicitada(s) ou avise-nos.

Obrigado !