1 - Qual é a importância do treinamento?  

Decisivo, desde que:
 

- O treinamento seja voltado para um funcionário de real potencial;

 

  • Para subir a árvore, não adianta treinar um “peru”, pegue um “esquilo”...
     

- O treinamento tenha um foco ligado à função atual ou futura do funcionário;

  • Faça uma análise investimento/retorno esperado...

     

Para que o treinamento possa gerar o resultado esperado, aqui algumas dicas:
 

- Crie espaço para aplicar e compartilhar o aprendizado;

  • Treine talentos, deixando-os em paz para se desenvolver...
     

- Avalie o resultado antes e depois do treinamento;

  • Faça um Plano de Progresso e Avaliação de Desempenho...
     

- Dê oportunidade de crescimento ao funcionário bem avaliado;

  • Lembre de reter os talentos...
     

- Insista no complemento auto-treinamento.

  • Um bom funcionário investe em si próprio... 

 

2 - Em geral, em quais assuntos focar?

O foco geral está menos no conhecimento que a faculdade pode ensinar, mais no comportamento que o funcionário “empregável” deve desenvolver, p.ex.:

  •  Saber fazer acontecer e buscar resultados
  •  Saber se relacionar com pessoas
  •  Saber focar e priorizar
  •  Saber arriscar, inovar e criar
  •  Saber se comunicar

 

 

3 - Em épocas de crise, intensificar ou reduzir o treinamento?

Intensificar, desde que o treinamento tenha sido embasado em um plano de carreira onde o funcionário tenha clareza e evidencia: 

(1) O que gosto de fazer? Onde tem paixão, não tem desgaste...
(2) Eu sei fazer bem aquilo que gosto? Não basta ser bom, tem que ser excelente...
(3) Eu sei me relacionar? Não adianta brilhar escondido, é preciso se fazer percebido...
 

O domínio de técnicas ensinadas nos treinamentos diminuiu o impacto da crise?

Desde que seja voltado para trabalhar sob estresse, cobranças e conflitos.

De que maneira?

O funcionário preparado aplica a Liderança Situacional, ou seja, sabe lidar com o estresse “sadio”, sem fazer parte dos “pirados”; sabe lidar com metas agressivas, sem se tornar um “workaholic” e sabe lidar com confrontos, de forma menos pessoal ou polêmica e sim mais profissional.  
 

4 - Quais são as áreas da empresa que devem ser priorizadas?

Todas as áreas de Linha, ou seja, aquelas onde acontecem (ou não) o aumento da receita, a redução de custo e/ou a inovação de processos.

 

Por quê?

O que realmente interessa à empresa é onde ela está ganhando dinheiro, deixando de economizar e/ou podendo ganhar mais rápido, mais fácil e de forma sustentável.

 

 

5 - Quais temas poderiam ser aplicados em todas as áreas da empresa?


  •  Gestão Executiva orientada para o processo Idéia – Ação - Resultado
  •  Gestão Humana focada no intra-empreendedor, que ousa, inspira e move
  •  Gestão Mercadológica voltada para o mercado internacional
  •  Gestão Financeira para elaborar, entender e/ou usar indicadores financeiros
  •  Gestão Digital para facilitar a transformação de informação em dinheiro

     

6 - O RH deve investir quantos por cento do seu budget em treinamentos?  

Depende da política da empresa – uma boa medida seria +/- 10% da Receita (corporativa); vale lembrar que em treinamento na se fala em “custo”,  mas sim em “investimento”; a rigor, investimento nunca pode ser demais, lembrando uma conclusão empírica que diz: “80% do valor da empresa é gerado por pessoas...”.

 

Quais são os indicadores do retorno positivo dessa ferramenta de desenvolvimento do capital humano da empresa?


Além dos indicadores gerais como evolução de Receita, Custo, Rentabilidade,  vale ressaltar indicadores como:

 

  •  Índice de sugestões de melhorias por colaborador
  •  Número de inovações em processos, produtos e/ou serviços
  •  % de receita e/ou lucro em processos, produtos e/ou serviços novos
  •  Desempenho de Talentos e Líderes face aos objetivos
  •  Evolução do Clima Organizacional

     

7 – Você gostaria fazer uma observação final?
Observação final: Recomendo olhar o treinamento menos sob a ótica de “salva-vida em crise”, mas como a criação de um hábito de aprender, para sustentar a carreira individual e corporativa - sempre...
 

Werner Kugelmeier


 

Fale Conosco - WK Prisma

 Tel: +55 (19) 3256-8534 / 98219 2638
    E-mail: clique

    Endereço: Rua Cândido Portinari, 258
    13088-007 Campinas – SP

 

       

                

Blog - WK Prisma 

 

 

Bem-vindo ao blog da WK PRISMA
Educação Corporativa Modular

 

Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Social - WK Prisma Werner Kugelmeier FacebookWerner Kugelmeier - LinkedIn

 


© Copyright 2010, WK PRISMA®. direitos reservados
Produzido por Dinamicsite

A página solicitada não foi encontrada !

Verifique se digitou o endereço corretamente. Se esta página foi indicada por um Sistema de Busca (Google / Yahoo / MSN) este ainda não se atualizou após a remoção da página.

Faça uma Busca Interna com uma da(s) palavra(s) solicitada(s) ou avise-nos.

Obrigado !