Formei-me

- como ganhar dinheiro agora?

Prova vencida, baile encerrado, orgulho da “torcida”. Formar-se é uma conquista para ninguém botar defeito. Mas o que fazer com o canudo nas mãos?

 

Sair da faculdade não é tarefa fácil, entrar no mercado é outro vestibular. Muita gente pensa que tendo um diploma, está com um passaporte nas mãos para ganhar dinheiro. Via de regra, ninguém sabe ao certo o que o mundo de trabalho, fora das salas de aula, reserva – de ameaças e de oportunidades. 

 

Para a maioria dos novos profissionais o grande problema é saber como entrar no disputado mercado de trabalho. Mas existem formas de descobrir por onde começar.


Para entrar no mercado, antes de tudo, é preciso cabeça fria, assertividade na escolha de atuação e empenho.

 

Um ótimo começo, para quem quer fazer carreira no mundo empresarial, é habilitar-se para trainee em instituições e áreas correlatas com o seu curso. Você vai trilhar a caminhada profissional com o pé no chão da realidade onde você pretende se projetar e fazer contatos para qualquer propósito do seu projeto de vida. As chances de efetivação na empresa aumentam na medida em que a atuação escolhida corresponde às respostas da sua auto-análise: “O que eu quero fazer”? “O que eu conheço”? “O que eu sei fazer”?

 

Saiba que muitas empresas buscam trainees. Após uma seleção criteriosa, o candidato participa em um programa de dois anos onde ele compartilha experiências em equipe e obtém uma visão ampla dos negócios da empresa, além de participar de um programa bem estruturado de treinamentos e avaliações, que aceleram o desenvolvimento de suas competências, ou seja, a sua carreira.


Para auxiliar na busca por um trabalho de trainee ou um primeiro emprego, existem diversas empresas de colocação profissional. Jamais esqueça de vasculhar no seu network! E claro, acesse sites na internet, pesquise em jornais e/ou consulte agências de emprego. Se o anúncio ou oportunidade exigir “alguma experiência”, não hesite em responder.


Opções que somam pontos aos olhos dos empregadores são: Pós-graduação, Mestrado, MBA, intercâmbio internacional, vivência como voluntário.


Quem prefere a busca de uma vaga no mercado de trabalho por um ângulo amplo, uma boa opção é participar nas chamadas “Feiras de Carreira”. Estes eventos são destinados a estudantes do Ensino Superior e reúnem um grande número de empresas à procura de jovens interessados em construir um futuro profissional promissor. Estou falando de uma iniciativa inteligente que possibilita ao jovem conhecer a estrutura de diversas empresas, cadastrar seus currículos para concorrer às vagas e, ainda, trocar experiências com outros estudantes.


Além disso, nas feiras de carreira você pode moldar seu perfil profissional de acordo com as exigências das empresas, participando  em palestras e workshops com diretores de Gestão Humana das companhias que falam sobre o panorama do mercado de trabalho e o perfil do colaborador cobiçado.


Os profissionais cobiçados são aqueles que enxergam além da excelência técnica, ou seja, que deixam perceber que estão dispostos a desenvolver capacidades empreendedoras que a faculdade não ensina, como abertura de espírito e capacidade de comunicação, perspicácia  e pró-atividade, carisma e lealdade, franqueza e objetividade, coragem e persistência, humildade e honestidade, formação permanente e paixão.


O Currículo é um cartão de visita com vista a garantir a possibilidade de comparecer a uma entrevista e, aí, ter a oportunidade de garantir a passagem para a fase seguinte do processo de seleção. Regra básica do Curriculum Vitae: Ser curto, claro e objetivo – permitir a leitura em segundos...


Uma Carta de Apresentação acompanha sempre o CV. Dirija-a ao Gestor de RH, nas grandes empresas, e ao Executivo principal da empresa, nas pequenas/médias empresas. Exponha o motivo que o(a) leva a candidatar-se a um trabalho naquela empresa. Utilize frases curtas e claras. Expresse a sua convicção de que pode contribuir para resolver problemas da empresa. Defina  aquilo que quer e sabe fazer para este emprego. Procure convencer o empregador a conceder-lhe uma entrevista.


Lembre: Seja autêntico! O objetivo é conquistar o interesse do recrutador,mas também a sua confiança. O conteúdo deve-se centrar nas necessidades do empregador / empresa e não nas necessidades do candidato.


Prepare-se para a(s) Entrevistas de Seleção. Tome consciência de que o seu futuro será decidido nesse encontro. A preparação prévia da entrevista aumenta o nível de confiança do candidato. A entrevista é “um ato de venda”, em que o candidato vende as suas competências, o seu “saber fazer”, e a empresa compra uma solução para o problema dela. Portanto, tome consciência de que a entrevista é um jogo “ganha / ganha”. Empregador e Candidato não são adversários, mas parceiros de negócio.... O mais importante, desperte a sua autoconfiança – não a arrogância: estou aqui para resolver um problema da empresa!!! Seja confiante - uma caminhada de mil passos começa com o primeiro. Mas é preciso saber qual é o primeiro!


Portanto, para trilhar uma carreira de sucesso, o começo é correr atrás de oportunidades para aplicar o que a faculdade ensinou e aprender a desenvolver o que o mercado de trabalho ensina – opções existem – os “bons” sempre têm lugar!
 

Werner Kugelmeier


 

Fale Conosco - WK Prisma

 Tel: +55 (19) 3256-8534 / 98219 2638
    E-mail: clique

    Endereço: Rua Cândido Portinari, 258
    13088-007 Campinas – SP

 

       

                

Blog - WK Prisma 

 

 

Bem-vindo ao blog da WK PRISMA
Educação Corporativa Modular

 

Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Social - WK Prisma Werner Kugelmeier FacebookWerner Kugelmeier - LinkedIn

 


© Copyright 2010, WK PRISMA®. direitos reservados
Produzido por Dinamicsite

A página solicitada não foi encontrada !

Verifique se digitou o endereço corretamente. Se esta página foi indicada por um Sistema de Busca (Google / Yahoo / MSN) este ainda não se atualizou após a remoção da página.

Faça uma Busca Interna com uma da(s) palavra(s) solicitada(s) ou avise-nos.

Obrigado !