É fácil identificar a origem tribal ou étnica pelo sobrenome. A maioria dos africanos tem o nome de batismo que pode ser de origem inglesa ou africana, um nome bíblico e mais um de seu grupo étnico. Todavia, para fins comerciais, são normalmente mencionados apenas o prenome e o sobrenome.

 

Abstenha-se de usar trajes nativos, pois poderá passar por tolo e tornar-se alvo de chacota. Só use o traje safári e um chapéu na visita a um parque de caça.

 

Os trajes conservadores - preferivelmente de tecidos tropicais leves - são as melhores opções. Para os homens, camisas brancas ou de cores sóbrias e uma gravata é o traje padrão. De preferência, mangas longas. Mangas curtas são apropriadas somente para encontros casuais, após o trabalho.

 

Depois de estabelecido o relacionamento comercial, pequenos mas amáveis presentes para seus associados comerciais ou familiares são muito apreciados. Os brindes personalizados são os melhores. Por exemplo: uma caneta de alta qualidade, acessórios de mesa ou uma dúzia de bolas de golfe, com o nome do homenageado no estojo que contém a logomarca da empresa, serão muito bem recebidos.

 

Freqüentemente grandes organizações mandam um motorista buscá-lo no hotel ou levá-lo de volta. Quando possível, sente-se no banco de trás. As gorjetas para os motoristas não são necessárias, mas dê um mimo, como uma caneta da empresa, que é um gesto cortês.

 

A maioria dos sul-africanos é bilíngüe, fala Inglês e Africâner. Os negros que têm educação elementar são capazes de falar sua língua nativa e têm conhecimento prático de africâner e inglês.

 

O interesse comum em esportes pode ser um bom meio para solidificar o relacionamento pessoal antes do comercial. A menção casual de que gostaria de assistir a uma partida de rúgbi poderá render-lhe um convite.


Esteja preparado para ouvir muitas analogias com os esportes. Neste país que tem obsessão por esportes, parece que cada situação de negócios pode ser comparada a uma partida de futebol, críquete ou rúgbi.

 

Os sul-africanos gostam de movimentar o corpo enquanto falam. Você experimentará uma porção de apertos de mãos e tapinhas nas costas, como sinal de amizade. A gesticulação que um sul-africano usa enquanto fala é um indicador do grau de interesse que a pessoa tem por um tópico específico. Se houver um raro período de silêncio, no decorrer de uma conversação, é sinal de que a situação pode se tornar inconveniente ou de que há algo diferente e muito errado.

 

O sul-africano é cordial e amistoso  e as conversas podem se encaminhar para o lado pessoal, com pouco tempo de conhecimento. Geralmente os interlocutores demonstram um interesse genuíno pelo modo de vida do estrangeiro e sobre o que ele pensa sobre a África do Sul.

 

As entrevistas devem ser marcadas com uma certa antecedência porque seu tempo de permanência no país será limitado.

 

Como regra geral, os sul-africanos relutam em tratar de negócios com alguém que ainda não conheçam pessoalmente. Preferem fechar um negócio medíocre com um amigo do que um esplêndido com pessoas estranhas.

 

Qualquer solicitação inicial para um encontro incluirá informações específicas sobre sua  empresa, sua qualificação pessoal, os participantes e o resumo de sua proposta. Devem ser fornecidas referências sobre negócios realizados pela empresa que mostrem a sua importância no nível internacional ou doméstico.

 

Uma carta de apresentação de um conhecido comum, seu e do pretenso negociador, tem mais peso na África do Sul do que em outros lugares.

 

Quando estabelecer as datas de reuniões de negócios, faça-o com antecedência de um ou dois meses e evite marcá-las para o verão, porque quase tudo fecha no período de dezembro e  janeiro.


Nos contatos iniciais, os brancos tendem a ser menos casuais do que os interlocutores negros. Além disso, comparando-se com o resto da África e por conta do alto grau de contatos internacionais que os homens de negócios da África do Sul têm, o conceito de tempo é decididamente ocidental.

 

Nas pequenas empresas, em especial de propriedade de negros, a abordagem de tempo é casual. Demonstrar impaciência não é recomendado. Em vez disso, pergunte se não seria melhor remarcar.


Não deixe de visitar as três metrópoles Johannesburgo (o centro de negócios), a Cidade do Cabo (a cidade entre Soweto, Cabo da Boa Esperança e o Balneário) e Durban (a praça de forte influência muçulmana), para obter uma visão geral deste país tão heterogêneo.

 


 

Fale Conosco - WK Prisma

 Tel: +55 (19) 3256-8534 / 98219 2638
    E-mail: clique

    Endereço: Rua Cândido Portinari, 258
    13088-007 Campinas – SP

 

       

                

Blog - WK Prisma 

 

 

Bem-vindo ao blog da WK PRISMA
Educação Corporativa Modular

 

Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Social - WK Prisma Werner Kugelmeier FacebookWerner Kugelmeier - LinkedIn

 


© Copyright 2010, WK PRISMA®. direitos reservados
Produzido por Dinamicsite

A página solicitada não foi encontrada !

Verifique se digitou o endereço corretamente. Se esta página foi indicada por um Sistema de Busca (Google / Yahoo / MSN) este ainda não se atualizou após a remoção da página.

Faça uma Busca Interna com uma da(s) palavra(s) solicitada(s) ou avise-nos.

Obrigado !