Onde faltam objetivos, não se pode definir estratégias. Na Gestão Empresarial, um planejamento “nas coxas” pode minar o desempenho de uma organização. Evitar perdas deve ser um objetivo-chave para qualquer corporação.

 

Qual o valor da saúde na performance do negócio?

 

O valor da saúde corporativa é, simultaneamente, fonte e resultado da saúde dos 5 capitais de uma empresa, que são: Capital Humano – colaboradores de alto potencial sentem-se atraídos e podem ser retidos mais facilmente; Capital Econômico Financeiro – o crescimento e a expansão são sustentáveis através de uma rentabilidade sólida; Capital Mercadológico – o posicionamento e a  imagem da empresa são percebidos e reconhecidos; Capital Intelectual – cérebros estimulados e estimulantes otimizam os  resultados e Capital Conhecimento – idéias, conhecimento e experiências fluem como mercúrio.

 

 

Como deve ser feita uma eficiente gestão do capital humano?

 

Seguir os 5 passos:

  • Definir o perfil “ideal” do colaborador “x” na empresa ABC
  • Criar um ambiente propício para aplicar a vocação e a competência do pessoal
  • Fazer Avaliação de Desempenho
  • Identificar Talentos e Líderes
  • Expor Talentos e Líderes em projetos, equipes e/ou unidades de negócio
     

Conscientizar para um pacto: cresce a empresa - cresce o colaborador; cresce o colaborador – cresce a empresa.

 

 

Quais são as atuais barreiras para essa gestão?

 

Inércia, incompetência, ignorância da tradicional área RH – isolada ou cumulativamente; é preciso partir para o conceito da Gestão de Capital Humano.

 

 

Quais são os problemas que um planejamento insuficiente pode trazer para uma organização?

 

Onde faltam objetivos, não se pode definir estratégias; onde não há estratégias, não se pode definir prioridades; onde faltam prioridades, não se pode definir recursos; onde faltam recursos, não se pode desenhar uma organização; onde não há organização, não se pode definir as pessoas “certas”; onde não há pessoas “certas”, não se pode monitorar o desempenho; onde não existe monitoramento, “qualquer desempenho serve”......

 

 

Existe um plano de contingência para evitar perdas?

 

Evitar perdas deve ser um objetivo-chave de qualquer organização; apenas se discute as margens de tolerância. Quando o desempenho no item “perdas” vai além da margem de tolerância, deve ser acionado um plano de contingência, que normalmente contempla medidas corretivas, prazos e responsáveis.

 

 

Como RH pode colaborar no sentido de evitar perdas para a empresa?

 

Selecionar, contratar, desenvolver, avaliar, incentivar e reter talentos. A maior colaboração consiste em não perder talentos!

 

 

Como uma empresa deve gerir a sua carteira de saúde?

 

Efetuar pesquisas sobre o clima pessoal e organizacional. Reforçar os pontos fortes e neutralizar os pontos fracos. Proceder a um monitoramento do progresso.

 

 

Você cita o check-up corporativo como uma estratégia de sucesso para essa gestão. Como ele deve ser feito? Em que periodicidade? Quais os fatores que devem ser considerados para esse check-up?

 

- Responder com “sim” – “razoável” – ou “não” a fatores, como:

 

  • Existe alinhamento propósito – pessoa – processo na organização?
  • Os colaboradores são educados para empreender a carreira profissional?
  • A competitividade da organização contempla a diversidade multicultural?
  • Desenvolve-se uma postura empreendedora nas pessoas?
  • O seu modelo de gestão leva a resultados extraordinários?
  • Existe um Planejamento Estratégico?
  • O negócio central (core business) está definido?
  • A Estratégia é traduzida em ação e resultado?
  • As pessoas são agentes de transformações corporativas contínuas?
  • As pessoas estão preparadas para um alto desempenho
  • As pessoas tem o hábito de aprendizado contínuo?
  • O seu pessoal é uma equipe que produz soluções?
  • O valor agregado do seu negócio é percebido pelo cliente – atual e potencial?
  • A sua Força de Vendas enfoca o fechamento do negócio ganha – ganha?
  • Os seus esforços de comercialização contemplam Vendas Internacionais?
  • A sua gestão organizacional propulsiona a  inovação & mudança?
  • O dia-a-dia da sua empresa é focado em lucratividade?
  • Os gestores geram resultados através de pessoas vencedoras?
     

- Extrapolar as respostas “não” e criar focus group(s) – força(s)- tarefas – para reverter “já”, seguido por monitoramento do progresso.

 

- Extrapolar as respostas “razoável” e criar focus group(s) – força(s)- tarefas – para reverter em prazos a serem pactuados, seguido por monitoramento do progresso.

 

- Efetuar um diagnóstico no mínimo uma vez por ano.

 

Werner Kugelmeier


 

 

Capital Humano sadio

 

- como fazer um check-up a saúde corporativa

 


 

Fale Conosco - WK Prisma

 Tel: +55 (19) 3256-8534 / 98219 2638
    E-mail: clique

    Endereço: Rua Cândido Portinari, 258
    13088-007 Campinas – SP

 

       

                

Blog - WK Prisma 

 

 

Bem-vindo ao blog da WK PRISMA
Educação Corporativa Modular

 

Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Social - WK Prisma Werner Kugelmeier FacebookWerner Kugelmeier - LinkedIn

 


© Copyright 2010, WK PRISMA®. direitos reservados
Produzido por Dinamicsite

A página solicitada não foi encontrada !

Verifique se digitou o endereço corretamente. Se esta página foi indicada por um Sistema de Busca (Google / Yahoo / MSN) este ainda não se atualizou após a remoção da página.

Faça uma Busca Interna com uma da(s) palavra(s) solicitada(s) ou avise-nos.

Obrigado !